Posts Tagged ‘CORAÇÃO DE MARIA’

JUNHO MÊS DEDICADO AOS CORAÇÕES DE JESUS E DE MARIA

junho 5, 2009

SCJ SCM

JUNHO MÊS DEDICADO AO IMACULADO CORAÇÃO DA VIRGEM MARIA SANTÍSSIMA E SANTISSIMO CORAÇÃO DE JESUS
A Devoção ao Coração Imaculado de Maria é bem antiga na Santa Igreja, desenvolvendo-se na Idade Média. Depois, com as aparições em Fátima em 1917 ganhou grande destaque.: “Deus quer estabelecer no mundo a Devoção ao Meu Imaculado Coração”. A devoção ao Coração de Maria está associada à devoção ao Sacratíssimo Coração de Jesus, pois esses Dois Corações se uniram no Mistério da Encarnação, Paixão e Morte do Verbo Encarnado. Honrar o Coração de Maria é honrar o Coração que foi preparado por Deus para ser uma digna morada do Espírito Santo, que formaria a seu tempo o Redentor no Ventre Imaculado da Virgem Maria. Esta devoção ao Coração de Maria é devoção à própria Mãe de Jesus. É também veneração dos santos sentimentos e afetos, a ardente caridade de Maria para com Deus, para com seu Filho e para com todos os homens, que lhe foram confiados solenemente por Jesus agonizante. Assim, louvamos e agradecemos a Deus por nos haver dado por Mãe e intercessora Aquela que acreditou.
20 de Junho, IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA
Jesus por 3 vezes ordena a não nos preocuparmos com que devemos comer, usar e beber Mt 6,25-31-34 Devemos adotar em nossos corações , o exemplo da simplicidade, a pureza e o amor do CORAÇÃO IMACULADO DE MARIA e viver de uma maneira simples e serena. Devemos nos arrepender de nosso egoísmo e falta de humilade e pedir ao Senhor por um milagre de simplicidade em nossas vidas.
SALVE LIRIO BRANCO DA SANTISSIMA TRINTADE, ROSA BRILHANTE QUE EMBELEZA O CÉU.
Coração Imaculado de Maria, rogai por nós que recorremos a Vós.
CORAÇÃO ACOLHEDOR DE JESUS EU CONFIO EM TI, ESPERO EM TI E CREIO EM DEUS PAI TODO
PODEROSO

O Coração de Maria na Bíblia
Lc 2,19
Maria conservava todas estas palavras, meditando-as no seu coração. (sobre a adoração dos pastores que falavam da manifestação dos Anjos sobre o Menino)
Lc 2,35b
E uma espada transpassará a tua alma. (profecia de Simeão, dirigida a Maria)
Lc 2,51b
Sua mãe guardava todas estas coisas no seu coração. (depois do encontro de Jesus no Templo, ensinando os doutores da Lei.

A Devoção dos 5 Primeiros Sábados de cada mês
Em Outubro de 1925, Lúcia entrava na casa das Irmãs Dorotéias em Pontevedra, na Espanha. Em 10 de Dezembro de 1925, apareceu em sua cela a Santa Virgem com o Menino Jesus a seu lado. Nossa Senhora lhe mostrou sobre uma mão um Coração cercado de espinhos e o Menino disse: “Tem pena do Coração de tua Santíssima Mãe, que está coberto de espinhos que os homens ingratos a todos os momentos Lhe cravam, sem haver quem faça um ato de reparação para os tirar”. Depois, a Mãe de Deus disse: “Olha, minha filha, o meu Coração cercado de espinhos que os homens ingratos a todos os momentos Me cravam com blasfêmias e ingratidões. Tu, ao menos, vê de me consolar, e dize que todos aqueles que: durante cinco meses, no primeiro sábado, se confessarem, recebendo a Sagrada Comunhão, rezarem um terço e Me fizerem quinze minutos companhia meditando nos quinze mistérios do Rosário com o fim de Me desagravar, Eu prometo assisti-los na hora da morte com todas as graças necessárias para a salvação dessas almas”.
Quero que todos os leitores deste nosso jornal paroquial, redescubram o valor imenso de pertencer totalmente ao Imaculado Coração da Santíssima Virgem Maria!!!!Esperemos pelo Triunfo deste Coração Imaculado! Vamos à Ela entregar tudo,confiar tudo,pois o Coração de Maria é o caminho seguro que nos conduz a Deus!!!!!!!!!
Façamos diariamente nossa Consagração,nossa entrega total e pessoal ao Coração Imaculado da Santíssima Virgem!
TOTUS TUUS MARIAE!
Autor e Colaborador :David Bravo
Acólito Instituído e Secretário da VINSN

19 Junho SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS
O culto ao Sagrado Coração esteve presente já no início da Igreja, desde a Cruz, onde este divino Coração foi aberto para os fiéis como um asilo inviolável, sacrário das divinas riquezas, que derrama sobre nós as torrentes da misericórdia e da graça. Os maiores Santos de todos os séculos compreenderam o segredo desta devoção muito antes que ela fosse revelada de modo especial.
A reparação Eucarística é uma característica fundamental nesta devoção, pelo que disse o próprio Senhor a Santa Margarida Maria:
«Eis aqui o Coração que a tal ponto amou os homens, que nada poupou, até esgotarse e consumir-se, para testemunhar-lhes seu amor; e entretanto só recebo da maior parte deles ingratidões, pelas irreverências, sacrilégios, desprezo e tibieza com que me tratam no meu Sacramento de amor. O que me é ainda mais sensível, é serem corações que me foram consagrados, os que assim me tratam. Por isso te peço que se dedique a primeira sexta-feira depois da oitava do Santíssimo Sacramento a uma festa particular com o fim de venerar o meu Coração, fazendo-lhe ato de reparação, comungando-se nesse dia em desagravo pelas indignidades recebidas durante o tempo em que esteve exposto sobre os altares.»

As 9 Primeiras Sextas-feiras
– a “Grande Promessa”
Esta Grande Promessa trata-se apenas de uma das “12 Promessas” de Jesus aos devotos de Seu Sagrado Coração:

«Eu prometo, na excessiva misericórdia do meu Coração, que meu amor todo-poderoso concederá a todos aqueles que comungarem, em nove primeiras sextas-feiras do mês seguidas, a graça da penitência final, que não morrerão na minha desgraça, nem sem receberem seus sacramentos e que o meu divino Coração será o seu asilo seguro no último momento.»

Para merecer a graça da Grande Promessa, é necessário:
• Receber a Santa Comunhão na primeira sexta-feira de cada mês, por nove meses seguidos.
• Para comungar é INDISPENSÁVEL estar na graça de Deus.
• Quem tiver pecado grave, deve fazer voa confissão, antes de comungar.
• O dever da CONFISSÃO é uma lei grave da Igreja, ainda hoje em vigor (veja a página “Eu me confesso assim…”).

O exercício da Hora Santa nas quintas-feiras
A consagração do dia da primeira sexta-feira de cada mês deve ser preparada, de véspera, pelo piedoso exercício da “Hora Santa”, prática revelada por Jesus a Santa Margarida Maria:

“E para me acompanharem na humilde oração que eu apresentei a meu Pai, no meio de todas as minhas angústias, todas as quintas-feiras levantar-te-ás, entre as onze horas e a meia noite, para comigo te prostrares durante uma hora, com o rosto em terra, assim para aplacar a ira divina, pedindo misericórdia para com os pecadores, como para adoçar, de alguma maneira, a amargura que eu sentia com o desamparo em que me deixavam meus apóstolos, o qual me obrigou a lançar-lhes em rosto o não terem podido velar uma hora comigo.”

Nosso Senhor pedia e pede, ainda hoje, esta santa vigília todas as quintas-feiras. Uma alma fervorosa não recusaria ao boníssimo Jesus velar uma hora em união com Ele, uma vez por mês, ao menos durante a novena de comunhões reparadoras. Mas, como é evidente que nem todos podem fazer essa hora de orações, no horário de onze horas à meia noite, a Igreja antecipou para as duas horas da tarde até à meia-noite.
Durante essa hora devemos meditar nos sofrimentos do Senhor Jesus, principalmente na sua agonia no Horto das Oliveiras.

A visão do Sagrado CORAÇÃO DE JESUS é uma das profecias mais transformadoras, poderosas e mais confirmadas da historia da Igreja.
Portanto habitue-se a olhar todos os dias para o SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS e permita que o Senhor lhe mostre seu amor por voce de uma maneira que voce nunca imaginou ser possivel.
Pai Eterno, eu te ofereço o Coração Acolhedor de teu Filho Amado,o seu Corpo,o seu Sangue,a sua Alma e sua Divindade pelos nossos pecados e os do mundo inteiro.

Fonte: http://rosariopermanente.leiame.net/devocoes/sagradocoracao/as9sextasfeiras.html

ORAÇÃO

Meu Sagrado Coração de Jesus, em vós deposito toda confiança e esperança. Vós que sabeis tudo, Pai, o Senhor do Universo, Sois o Rei dos Reis, Vós que fizeste o cego ver, paralítico andar, o morto voltar a viver, o leproso sarar.
Vós que vedes as minhas aflições, as minhas angústias, bem sabeis, Divino Coração, como preciso alcançar esta graça: (pede-se a graça com fé); a minha conversa convosco me dá ânimo e alegria para viver, só de Vós espero com fé e confiança; (pede-se novamente a graça).
Fazei, Sagrado coração de Jesus, que antes de terminar esta conversa, dentro de nove dias, alcance esta tão grande Graça; e para Vós agradecer, divulgarei esta Graça para que os homens, aprendam a ter fé e confiança em Vós; iluminai os meus passos, Sagrado Coração de Jesus, assim como esta luz esta nos iluminando e testemunhando a nossa conversa. Sagrado Coração de Jesus, eu tenho confiança em Vós, Sagrado Coração de Jesus, aumente ainda mais a minha fé; Amém.

Rezar 1 Pai Nosso, 1 Ave Maria e 1 Glória ao Pai.
Repetir esta oração por mais 8 dias.

Anúncios

A GRANDE PROMESSA-CORAÇÃO DE MARIA -PRIMEIROS 5 SÁBADOS DO MES

janeiro 20, 2009

A DEVOÇÃO DOS PRIMEIROS SÁBADOS

 Na Aparição do dia 13 de Julho anunciou Nossa Senhora em Fátima: “Para impedir a guerra virei pedir a consagração da Rússia ao meu Imaculado Coração e a Comunhão reparadora nos Primeiros Sábados”.
Esta última devoção veio pedi-la, aparecendo à Irmã Lúcia a 10-12-1925, em Pontevedra, Espanha. Disse então:
“Olha, minha filha, o meu coração cercado de espinhos que os homens ingratos a todos os momentos me cravam com blasfémias e ingratidões. Tu, ao menos, procura consolar-me e diz que prometo assistir na hora da morte, com todas as graças necessárias para a salvação, a todos os que, no Primeiro Sábado de cinco meses seguidos, se confessarem, receberem a Sagrada Comunhão, rezarem um terço e me fizerem companhia durante quinze minutos, meditando nos 15 mistérios do Rosário com o fim de me desagravar”.
Nª Senhora mostrou o seu Coração rodeado de espinhos, que significam os nossos pecados. Pediu que fizéssemos actos de desagravo para Lhos tirar, com a devoção reparadora dos cinco Primeiros Sábados. Em recompensa, promete-nos “todas as graças necessárias para a salvação”.
Jesus nos dois anos seguintes, 15 de Fevereiro de 1926 e 17 de Dezembro de 1927, insiste para que se propague esta devoção. Lúcia escreveu: “Da prática da devoção dos Primeiros Sábados, unida à consagração ao Imaculado Coração de Maria, depende a guerra ou a paz do mundo”.

 II – CINCO, POR QUÊ?

 São cinco os Primeiros Sábados por, segundo revelou Jesus, serem “cinco as espécies de ofensas e blasfémias proferidas contra o Imaculado Coração de Maria.
 1. – As blasfémias contra a Imaculada Conceição,

2. – Contra a sua Virgindade;

3. – Contra a Maternidade Divina, recusando ao mesmo tempo recebê-la como Mãe dos homens;

4. – Os que procuram infundir nos corações das crianças a indiferença, o desprezo e até o ódio contra esta Imaculada Mãe;

5. – Os que A ultrajem directamente nas suas sagradas imagens”.

III – CONDIÇÕES

As condições para ganhar o privilégio dos Primeiros Sábados são quatro:

1. Confissão. Para cada Primeiro Sábado é precisa uma confissão com intenção reparadora. Pode fazer-se em qualquer dia, antes ou depois do Primeiro Sábado, contanto que se receba a Comunhão em estado de graça.
A vidente perguntou: – “Meu Jesus, as (pessoas) que se esquecerem de formar essa intenção (reparadora)? Jesus respondeu – Podem formá-la na confissão seguinte, aproveitando a primeira ocasião que tiverem para se confessar”.
As outras três condições devem cumprir-se no próprio Primeiro Sábado, a não ser que algum sacerdote, por justos motivos, conceda que se possam fazer no domingo a seguir.
2. A Comunhão Reparadora.
3. O Terço.
4. A meditação, durante 15 minutos, de um só mistério, de vários ou de todos. Também vale uma meditação ou explicação de 3 minutos antes de cada um dos 5 mistérios do terço que se está a rezar.
Em todas estas quatro práticas deve-se ter a intenção de desagravar o Imaculado Coração de Maria.
A devoção dos 5 Primeiros Sábados foi aprovada pelo Bispo de Leiria a 13-9-1939, em Fátima.

 

ATO DE CONSAGRAÇÃO E DESAGRAVO

Virgem Santíssima e Mãe nossa querida, ao mostrardes o vosso Coração cercado de espinhos, símbolo das blasfémias e ingratidões com que os homens ingratos pagam as finezas do vosso amor, pedistes que Vos consolássemos e desagravássemos.
Ao ouvir as vossas amargas queixas, desejamos desagravar o vosso doloroso e Imaculado Coração que a maldade dos homens fere com os duros espinhos dos seus pecados.
Dum modo especial Vos queremos desagravar das injúrias sacrilegamente proferidas contra a vossa Conceição Imaculada e Santa Virgindade. Muitos, Senhora, negam que sejais Mãe de Deus e nem Vos querem aceitar como terna Mãe dos homens. Outros, não Vos podendo ultrajar directamente, descarregam nas vossas sagradas imagens a sua cólera satânica. Nem faltam também aqueles que procuram infundir nos corações das crianças inocentes, indiferença, desprezo e até ódio contra Vós.
Virgem Santíssima, aqui prostrados aos vossos pés, nós Vos mostramos a pena que sentimos por todas estas ofensas e prome¬temos reparar com os nossos sacrifícios, comunhões e orações tantas ofensas destes vossos filhos ingratos.
Reconhecendo que também nós, nem sempre correspondemos às vossas predilecções, nem Vos honrámos e amámos como Mãe, suplicamos para os nossos pecados misericordioso perdão.
Para todos quantos são vossos filhos e particularmente para nós, que nos consagramos inteiramente ao vosso Coração Imaculado, seja-nos ele o refúgio durante a vida e o caminho que nos conduza até Deus. Assim seja.