Archive for março \30\UTC 2011

SÃO PAULO PELA VIDA

março 30, 2011

 

Ser apenas contra o aborto não adianta. É preciso fazer algo.

Assine a petição que propõe ao Poder Público do Estado de São Paulo assegurar o DIREITO À VIDA desde a fecundação (nascituro) até a morte natural de um indivíduo.

Milhares de bebês estão condenados à morte por meio de um assassinato frio e violento. São apenas 30 segundos que você precisa ver e agir antes que seja tarde.

1) Assine a Petição que propõe a mudança da Constituição de São Paulo em defesa da VIDA. Acesse: http://www.saopaulopelavida.com.br/?origem=811

2) Mobilize todos seus amigos para esta campanha: http://www.saopaulopelavida.com.br/?origem=811/mobilize.php/

Não feche o Youtube sem antes participar. Envie o link deste vídeo por e-mail, msn, publique em blogs, sites e onde mais puder.

MILHARES DE VIDAS ESTÃO EM SUAS MÃOS.

MOVIMENTO DE CIDADANIA – PROPOSTA DE PROJETO DE INICIATIVA POPULAR PARA EMENDA À CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO EM DEFESA DA VIDA

Nós, cidadãos eleitores paulistas, apresentamos à Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, a seguinte pr oposta de emenda constitucional, que acrescenta os artigos 217-A, 218-A e altera o art. 277, com o acréscimo das expressões “ao nascituro” e “desde a fecundação até a morte natural”, com as seguintes redações:

TÍTULO VII – Da Ordem Social – CAPÍTULO I – Disposição Geral – Artigo 217-A – Ao Estado cumpre assegurar o direito integral à vida como primeiro e principal de todos os direitos humanos. /

CAPÍTULO II – Da Seguridade Social – SEÇÃO I – Disposição Geral / Artigo 218-A – O Estado assegurará a inviolabilidade da vida humana desde a fecundação até a morte natural. /

CAPÍTULO VII – Da Proteção Especial – Seção I – Art. 277 – Cabe ao Poder Público, bem como à família, assegurar ao nascituro, à criança, ao adolescente, ao idoso e aos portadores de deficiências, com absoluta prioridade, o direito à vida desde a fecundação até a morte natural, à saúde, à alimentação, à educação, a o lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e agressão.

Assine!!